Domingo, 25 de Junho de 2006

História de Martingança

Freguesia de Martingança
Perdida na bruma de um passado longínquo, a freguesia de Martingança deve o seu nome à aglutinação de dois termos, Martina (divindade guerreira romana,
filha de Marte) e Gansa (ave mensageira da Deusa Lua). Assim, de início seria Martingansa e não como actualmente se escreve.
O velho Casal da “Martim Gansa “, que iria dar origem à Freguesia, terá surgido com a Carta de Couto dada por D. Dinis às povoações de Paredes e Campos
de Ulmar. Os Casais dispersos à sua volta, como o de Martim Gansa, vão transformar-se, a partir daí, em pequenos povoados. Desde sempre anexada a Pataias,
é uma pequena povoação, que em termos de património se destaca pela ermida de S. João, um templo muito simples da primeira metade deste século.
Nos últimos anos, Martingança foi muito beneficiada, a nível económico, com a transferência da fábrica de vidros de Coina para a Marinha Grande e o natural
aparecimento das vias de comunicação. Criaram-se as condições de desenvolvimento necessárias para que, em 4 de Outubro de 1985, a povoação fosse guindada
a sede de freguesia.

Participação de:

Raquel Alexandre

publicado por tradicional às 14:37
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14

16
17
18
19
20
21

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.posts recentes

. História da Cidade do Por...

. O café e a decadência da ...

. CONJUNTURA POLÍTICA N...

. Governo da fusão

. Site com História do Bras...

. O Abolicionista John Brow...

. O Portto: a cidade, as ge...

. Castelo de Alcobaça

. Castelo de Moura

. Castelo de Alcácer do Sal

.arquivos

. Julho 2006

. Junho 2006

.participar

. participe neste blog

blogs SAPO

.subscrever feeds